“Relato Informal” com Tico

O Relato Informal desta semana data da temporada de 2012/13, altura em que o nosso protagonista representava as cores do Freamunde. Tico, atualmente defesa do Forjães SC, recorda um momento caricato que presenciou numa partida entre o Freamunde e o Belenenses.

“Naquela época tivemos um começo negativo. Em termos pontuais tínhamos dois pontos em oito jogos. Era um plantel com muita gente no seu primeiro ano na Segunda Liga, eu inclusive, e sentimos algumas dificuldades.

Até jogávamos bem, mas a exigência era muita. Então à 9ª Jornada, trocámos de treinador e apesar de não ter logo o impacto desejado, umas jornadas depois lá começámos a ganhar alguns jogos e ficámos motivados e confiantes. No último jogo da 1ª volta, recebemos o Belenenses, que na altura já era líder destacado e acabou por ser campeão com quase 100 pontos.

Fomos para esse jogo numa série de vitórias, muito motivados, mas começamos logo a perder. Fizemos o empate ainda na 1ª parte e na minha opinião, estávamos a fazer um grande jogo, sendo que estávamos na última posição da tabela e eles no 1º lugar. Logo a abrir a 2ª parte, há uma grande penalidade a nosso favor. Já não me recordo quem bateu e fez golo. Eu estava no banco e levantámo-nos a festejar.

Tínhamos um jogador, o Nana K (atualmente joga no Luxemburgo), que é um ser humano incrível e empenhava-se e vivia aquilo de forma muito intensa. Então, nessa partida já tinha visto amarelo na 1ª parte. Quando estamos a festejar o 2-1, só vemos o Nana K, que nem tinha sido ele a marcar, a tirar a camisola e a começar a correr a festejar como se não houvesse amanhã. Já nem me recordo se tinha alguma mensagem na camisola de baixo, o que é certo é que olhámos todos uns para os outros a rir e nem estávamos a pensar na consequência. Acabaram os festejos, o árbitro vai à beira do Nana K, mostra-lhe o segundo amarelo e consequente vermelho!

No jogo acabou por ser mau porque saímos prejudicados: eles deram a volta e fizeram o 2-3 e nós empatamos com livre direto do Laranjeiro no último minuto, mas depois durante a semana rimos muito com aquela situação no mínimo caricata, nunca tínhamos visto nada assim e nem nunca mais vi algo do género”.

Na época 2012/13, o Freamunde acabou por ser despromovido da Segunda Liga. Já Tico continuou a sua carreira no Campeonato de Portugal, passando por clubes como Santa Maria, Limianos, Brito e Forjães.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.