“Sangue Novo” com Rodrigo Mathiola

O “Sangue Novo” desta semana é de primeira linha. Rodrigo Mathiola, médio de 23 anos, acompanhou o Vitória de Setúbal na descida da Primeira Liga até ao Campeonato de Portugal.

Natural de Navegantes, no estado de Santa Catarina, no Brasil, Rodrigo entrou na formação do Cruzeiro com 17 anos. Passou dois anos no clube de Minas Gerais, jogando nos escalões de sub17 e sub20, até se estrear no escalão sénior, já com 19 anos de idade, no Barra FC.

Fez, assim, o seu regresso ao estado no qual nasceu para seguir a carreira. Disputou duas épocas com a camisola do Barra e uma pelo Foz do Iguaçu, mostrando qualidade constante. Na época 2018/19, com 16 jogos e dois golos, Rodrigo chamou a atenção do Vitória de Setúbal que o contratou para a equipa sub23.

A primeira época de Rodrigo em Portugal foi positiva, com 27 jogos e três golos na Liga Revelação. Na época passada ainda disputou cinco jogos e marcou dois golos na mesma competição até ser chamado à equipa principal onde participou em mais nove jogos e marcou um golo na Primeira Liga.

O jovem médio que se estreia desta forma no Campeonato de Portugal tem para oferecer velocidade, qualidade no drible e uma boa visão de jogo, características que fazem de Rodrigo Mathiola um médio a manter debaixo de olho durante toda a competição. A estreia de Rodrigo ficou marcada pela vitória por 1-0 frente ao Moncarapachense, tendo sido o próprio a marcar o golo que, não só garantiu a vitória, como lhe garantiu ainda presença no onze da jornada da Série H.

Foto: Rogério Ferreira

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.