“Sangue Novo” com Alexandre Lavrador

No último “Sangue Novo” da temporada, fomos conhecer Alexandre Lavrador. O jovem lateral acompanhou o Carapinheirense na aventura desde o futebol distrital até ao Campeonato de Portugal, estreando-se assim na competição.

Alexandre representa o Carapinheirense desde 2011, quando chegou para jogar no escalão de iniciados. Desde então a luta tem sido constante até que o clube do distrito de Coimbra conseguiu chegar ao Campeonato de Portugal. Alexandre nunca tinha participado em campeonatos nacionais e achou que seria uma ótima oportunidade para se colocar à prova. Além disso, vê a grande visibilidade do Campeonato de Portugal como uma oportunidade para a projeção da sua carreira.

Desde o início da época que o objetivo do Carapinheirense era conseguir a manutenção e fazer história. No decorrer da época, a ligação do plantel foi melhorando, o ambiente no balneário era, segundo Alexandre, excelente, e assim iam chegando alguns bons resultados. Depois de uma boa primeira volta, a equipa não conseguiu manter a forma, mas chegou à última jornada a depender apenas de si própria. Na partida decisiva, frente ao Alcains, o Carapinheirense não conseguiu alcançar o objetivo da época e acabou por ser despromovido.

A nível individual, Alexandre sente que superou as suas expectativas, já que nunca pensou que tivesse tanto tempo de jogo. Conseguiu ter a confiança do grupo para ser titular em todos os jogos, 21 no total. Com o Carapinheirense de volta ao Campeonato Distrital de Coimbra, e apesar de não ter até ao momento grandes planos para a próxima temporada, Alexandre não esconde a ambição de poder jogar noutras ligas e chegar um bocadinho mais longe. A seu tempo decidirá o rumo a tomar.

Alexandre é um lateral cuidadoso a nível defensivo, mas procura chegar depressa ao ataque quando tem oportunidade. É um jogador com apetência para o jogo coletivo, usando os seus colegas para se adiantar no campo. Apesar da época menos positiva a nível coletivo, os 21 jogos a titular e as quatro nomeações para a equipa da semana da Série E poderão ser suficientes para Alexandre pelo menos continuar no Campeonato de Portugal.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.