“Sangue Novo” com André Amores

O “Sangue Novo” desta semana é André Amores. O defesa central de 20 anos participa pela primeira vez no Campeonato de Portugal, com a camisola do AC Marinhense.

Natural de Lagos, André começou a caminhada no futebol no clube da terra, o Esperança de Lagos. Depois de cinco anos, André mudou-se para o Portimonense para jogar no escalão sub17 num dos maiores palcos da região do Algarve. Duas épocas mais tarde, saiu da sua zona de conforto e mudou-se para Leiria.

Em 2016/17, jogou a sua primeira época de júnior ao serviço do União de Leira, contabilizando dois golos em 16 jogos. Na época seguinte, participou em 25 partidas e marcou nove golos, números que lhe deram oportunidade de treinar com a equipa sénior. Em 2018/19, estreou-se como sénior no GDR Boavista, no Campeonato Distrital de Leiria, com três jogos e um golo. Na época seguinte mudou-se para o GRAP onde contou para apenas quatro partidas.

Aceitou o desafio de jogar no Campeonato de Portugal por ser uma competição com bastante qualidade e onde cada vez existe mais visibilidade que pode ajudar a chegar a patamares mais elevados. Estabeleceu como prioridade alcançar os objetivos coletivos, para os quais é essencial foco jogo a jogo e tentar alcançar o maior número de pontos possível. A nível individual quer estar sempre disponível e dar tudo o que tem.

André chega ao Campeonato de Portugal com 20 anos. Traz consigo qualidade nos processos defensivos, no passe e no posicionamento, principalmente. Apesar dos poucos jogos nas últimas temporadas, André é mais um dos vários jogadores que o Marinhense contratou para construir o futuro. A nova aventura do jovem defesa na competição começou da melhor forma, numa vitória por 3-0 frente ao GRAP, tendo sido escolhido para a equipa da primeira jornada da Série E.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.