“Relato Informal” com Roberto Cunha

Hoje falamos de um jogador luso brasileiro que veio para Portugal em busca de um sonho. Sonho esse que era cumprir com o que prometeu à sua mãe aquando da sua vinda para Portugal.

Roberto Cunha, defesa central do Atlético Clube Marinhense, veio para Portugal em 2007 e trazia na bagagem o sonho de se afirmar na Europa como jogador profissional.

“Eu vim para Portugal com 17 anos para fazer testes no Sport Lisboa e Benfica e prometi à minha mãe que só voltava ao Brasil se as coisas corressem bem. Certo é que essa primeira experiência não correu como esperado e fui dispensado, mas como tinha prometido à minha mãe eu olhei para o meu empresário e disse que não podia voltar ao Brasil. Então ele deixou-me no hotel com 20€ e comecei do zero a lutar pelos meus sonhos”, recorda.

“Fui para o Alcanenense, que estava no distrital, e passados 5 meses fui treinar ao Futebol Clube do Porto. Felizmente para mim correu bem e fiquei lá um ano, onde cresci bastante a todos os níveis, permitindo tornar-me jogador profissional na Europa e sobretudo cumprir com o que tinha prometido à minha mãe”.

Consegui também tornar-me um cidadão europeu e hoje estou completamente realizado. Lembrar por tudo aquilo que passei e poder orgulhar a minha mãe ainda em vida”, concluiu.

Roberto tem 30 anos e está na sua época de estreia no Marinhense, depois de na época transata ter representado a formação da União Desportiva de Leiria.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.