“O Elevador” com Diego Galo

Hoje, o jogador em destaque no Elevador é Diego Galo – um nome bem conhecido entre os adeptos do futebol português.

O defesa central conta com largas épocas na Primeira e Segunda divisão de Portugal, com destaque para a conquista da Taça de Portugal, 2017/18, pelo CD Aves, e da Taça da Liga, em 2016/17, pelo Moreirense.

Na presente temporada, tem sido um jogador em destaque ao serviço da UD Leiria. Os seus 24 jogos e cinco golos são exemplo dessa preponderância. A equipa do Lis conseguiu criar uma boa simbiose entre jogadores jovens e outros mais experientes, que culmina, para já, na Qualificação para a Fase de Acesso à 2ª Liga

Para Diego, esta combinação é sempre positiva e dá o exemplo de outro campeonato: “É muito bom ter uma mescla destes dois. Prova disso é o campeonato italiano, com vários clubes que tem jogadores mais experientes misturados com jovens, e tem dado certo!”.

Com 37 anos, o central brasileiro, ainda não procura reformas milionárias. Para já, contenta-se com os projetos apresentados, e os relvados de clubes com história. “Para mim não foi difícil aceitar esse projeto. Sobretudo, pelos senhores que estão à frente do clube. Sr. Armando Marques e Sr. Julio Mendes com muita experiência no futebol. Recebi vários convites de emblemas desta competição, mas tenho a certeza que optei pelo melhor projeto e não me arrependo!”, frisou, reforçando: “Todos os clubes por onde passei têm sua história. E fico feliz porque ajudei alguns a fazer história, mas jogar na UD Leiria com tanta história e com tantos jogadores e treinadores que passaram aqui, caso do Helton, Fernando Prass, entre outros… É uma satisfação enorme, e vou ficar muito feliz se depois de alguns anos conseguir junto com meus companheiros trazer esta equipa de volta à Segunda Liga”.

Diego Galo está há mais de 10 anos em Portugal e a reputação deste campeonato não lhe passava despercebida. “Apesar de ter jogado alguns anos nas competições profissionais, sempre acompanhei essa divisão. Sempre soube que tem muitos jogadores com qualidade. Aqui mesmo no Leiria, tem vários jovens com potencial pra jogar na primeira liga, basta só terem cabeça”.

Palavras de uma figura da última década no futebol nacional.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.