“Rubrica da Liga 3” com Álvaro Djaló

Assumindo papel de destaque na equipa B do Sporting de Braga e na competição, Álvaro Djaló é o jogador que a equipa do 100 Oportunidades decidiu destacar esta semana.

Nascido na cidade basca de Bilbao, começou a sua aventura no futebol na formação do Begoña, onde esteve dois anos até tentar a sua sorte nos minhotos.

Em 2017, chega a Portugal após ter sido aceite nas captações, e inicia o seu trajeto na equipa sub-19 dos bracarenses. Apesar dos oitos golos marcados no ano de estreia, não foi um ano fácil devido à adaptação.

“No início foi um pouco difícil porque estava longe da minha família e não falava bem português, mas graças a Deus que já sei falar o idioma.”

Apesar de ter noção das dificuldades que iria ultrapassar, confessa não ter hesitado em aceitar o convite do SC Braga, pois sentiu que “aqui estou mais próximo de concretizar o meu sonho de ser jogador de futebol.”

A época transata sofreu – já na equipa de sub-23 – uma lesão que o afastou dos relvados por algum tempo, considerando que o melhor momento da época “foi quando consegui recuperar, voltar a jogar e a marcar golos.”

O ano passado teve a primeira experiência no futebol sénior na equipa B, que militava no Campeonato de Portugal. Mais uma vez, a adaptação não foi fácil, mas isso também não foi entrave ao seu sucesso individual e coletivo. Apesar dos oito golos marcados, “senti muita diferença na parte física, disputas de bola e no contacto”, confessa.

Tendo assegurado a presença no ano de estreia da Liga 3, Álvaro igualou, esta temporada, o seu menor número de jogos (19), no entanto atingiu a sua melhor marca no que toca à participação em golos – nove golos e duas assistências.

Este ano, devido a todo o destaque que conseguiu obter, teve já o privilégio de participar em sessões de treino, algo que considera ser “bastante enriquecedor”.

Tendo os media apontado o seu nome na lista de potenciais reforços do Athletic Club (Bilbao), renovou no passado mês de abril o seu vínculo com os gverreiros até 2025. “Estou focado no meu trabalho, mas quero melhorar os meus números e subir à equipa principal, é o meu sonho.”

Dono de uma velocidade estonteante, de uma forte relação com a bola e com a baliza, e de uma leitura fácil de jogo, Álvaro é um jogador que certamente devemos continuar a seguir, porque tem potencial para levantar bancadas.

Partilha com os teus amigos:

Outros artigos do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.